Tito Guarniere - Opinião

400 mil km de praias

Mário Frias, o Secretário de Cultura de Jair Bolsonaro, fez uma declaração surpreendente: a de que o Brasil tem 400 mil e “poucos” quilômetros de praia. Deve ter botado nas contas todas as “praias” de todos os rios, riachos, lagos, lagoas, açudes, cacimbas e cursos d’água do país. Muito estudo, muita leitura, dá nisso.

Falso brilho

O STF deveria liberar Zé Trovão. Na cadeia ele posa de vítima, injustiçado, preso político. Livre, apenas retornará ao lugar de onde nunca deveria ter saído: a insignificância. Por onde andam Weintraub, Salles, Eduardo Araújo? Essa gente só brilha em ambientes muito opacos, e por pouco tempo.

Fofos

O deputado Daniel Silveira (PSL-RJ), um destemperado de carteirinha, que já esteve preso, entre outros confessados voos de imaginação, imaginou uma surra no ministro do STF Edson Fachin, “com gato morto até ele miar”. Não ficou muito claro se era até o ministro ou o gato miar. Silveira recebeu de corpo presente o carinho e a solidariedade de Bolsonaro: “(a sua prisão) me doeu o coração”. Fofos.

Parabéns!

Manchete de A Folha de São Paulo semana passada: “Inflação é a maior para novembro desde 2015 e chega em quase 11% em 12 meses. Parabéns, Paulo Guedes! Parabéns, Bolsonaro! Inflação de dois dígitos! Não é para qualquer um, desde o Plano Real, século passado.

A luz de Lula

Reinaldo Azevedo, em surto de neo-lulismo e neo-petralhismo, em artigo da Folha, diz que Lula não precisa falar para vencer (a eleição). Lembra a filósofa Marilena Chauí, na sua famosa frase: “Quando Lula fala, o mundo se ilumina”.

Por convicção

Para o Antagonista, diário oficial do morismo, o pacto de não agressão entre Doria e Moro não passa de um truque do governador. Doria teria dado ordens aos seus aliados na imprensa para não cessarem os ataques contra o ex-juiz. Já O Antagonista não precisa de ordens para defender Moro e atacar Doria.

Tiro no pé

Bolsonaro, em entrevista ao jornal A Gazeta do Povo, sobre Moro: “Esse cara não fez absolutamente nada para que a COAF, a Receita não bisbilhotasse não apenas a minha vida como de milhares de brasileiros“. Nem notou que fez o maior elogio ao ex-juiz, agora seu rival e adversário.

Fascismo

Não bastassem os seguranças, apoiadores de Bolsonaro (devidamente preparados) também distribuem porradas a granel em profissionais da imprensa de quem não gostam. Essa ação violenta, orquestrada, de militantes, é de natureza e raiz fascista.

Anvisa e Barra Torres

O jornalista Elio Gaspari, no Globo, faz um registro necessário: a forma republicana, competente, fora do obscurantismo do governo, fiel à ciência, com que o Almirante Antônio Barra Torres conduz a Anvisa. Seria bom saber se existem outros Barra Torres nas Forças Armadas.

O pior lugar da AL

Lula em Buenos Aires: “A América Latina será melhor se eu e outros esquerdistas vencermos“. O pior país para se viver hoje em dia na América Latina, o mais pobre, com milhares de refugiados espalhados pelo continente, inclusive o Brasil, sem horizontes, com um governo autoritário, é a Venezuela. Governada pelo bolivariano e esquerdista, amigo de Lula e do PT, Nicolás Maduro.

titoguarniere@outlook.com
twitter: @TitoGuarnieree