Jabuticaba cara

A cantora Pabblo Vittar (se diz cantora, apesar do nome masculino; e é assim mesmo, com dois b e dois t), na sua apresentação no Lollapalooza, declarou apoio a Lula. O PL de Bolsonaro entrou com uma medida no Tribunal Superior Eleitoral alegando violação da lei eleitoral. O TSE proibiu manifestações políticas no evento. A decisão do TSE é uma violação ao direito constitucional de livre manifestação. O Lollapalooza é um evento musical, não político. No mesmo dia Bolsonaro fez – aí sim – um verdadeiro comício de lançamento de candidatura. E o TSE nem tomou conhecimento – neste caso estava certo. Todos os candidatos promovem eventos para lançar candidatura. A Justiça Eleitoral é uma jabuticaba brasileira. Uma excrescência que só existe no Brasil, e que custa uma fortuna aos cofres públicos.

Indigestão

No lançamento de sua candidatura pelo PL, Bolsonaro disse – dentre outras coisas – que seguir a Constituição “por vezes embrulha o estômago”. No mesmo evento, voltou a elogiar o falecido coronel Brilhante Ustra, um dos heróis do presidente. Brilhante Ustra foi um notório torturador durante o Golpe Militar de 1964. O que embrulha o estômago de pessoas normais é o elogio a torturador.

Armas

O armamentismo de Bolsonaro é a festa dos fabricantes de armas, milicianos, bandidos em geral, traficantes (de armas e drogas), ladrões de bancos e cargas, desmanches ilegais.

Pastoral

A Educação era comandada pelo pastor Milton Ribeiro. Nos seus bastidores, nos balcões internos de verbas, transitavam, com a desenvoltura de altos funcionários, pastores evangélicos. Não teria sido exagerado, pelo menos enquanto durou, mudar o nome de Ministério da Educação para Pastoral da Educação.

Em nome de Deus

As propinas, antes, eram para ajudar nas campanhas, financiar partidos e candidatos. Agora, é para ajudar as igrejas, como justificou o pastor de ouro, Arilton Moura. Os corruptos eclesiais usam o nome de Deus para suas estripulias.

Promessas

Todos têm solução para o alto preço da gasolina – Ciro, Lula e até Bolsonaro. Este último trata do problema como se não tivesse nada a ver com isso – culpados são os outros. Não acredite em nenhum deles. Promessas (de campanha) só comprometem os que as recebem. (De Gaulle).

A novidade

Os petistas deveriam parar de encher o saco contra a candidatura de Geraldo Alckmin à vice-presidente de Lula. Tudo, no Lula atual, soa meio envelhecido, principalmente o discurso. A única novidade é exatamente Alckmin.

Fake

Gleisi Hoffmann, a presidente do PT, injuriada com um editorial de O Estado de São Paulo sobre Lula e o PT, disse que o jornal é contra a democracia e a favor de Bolsonaro. Mentira. O Estadão defende a democracia e é um severo crítico de Bolsonaro e do bolsonarismo. Para Gleisi e boa parte do PT, senão a maioria, criticar Lula e o partido equivale a ser contra a democracia e a favor de Bolsonaro.

Psicopata

É sórdido quando o psicopata Putin denuncia o Ocidente por “queimar livros” e “cancelar artistas, músicos e autores russos”, na mesma hora em que comanda o banho de sangue na Ucrânia, destrói cidades e assassina idosos, mulheres e crianças.

titoguarniere@outlook.com
Twitter@TitoGuarnieree

Deixe um comentário

Deixe uma resposta Cancelar resposta