GNR

O Comando Territorial de Viana do Castelo, através do Posto Territorial de Monção, prendeu ontem, 9 de setembro, uma mulher de 51 anos por posse ilegal de arma no âmbito de um processo de violência doméstica, no concelho de Monção.

Militares da Guarda apuraram que a mulher ameaçava a vítima, o ex-marido de 56 anos, com recurso a uma arma de fogo sem documentação. No decorrer das diligências policiais, foi possível apurar-se que essa arma se encontrava na sua residência, tendo sido dado cumprimento a um mandado de busca domiciliária que resultou na apreensão de 101 munições e uma arma de fogo.

A detida foi constituída arguida e os factos remetidos ao Tribunal Judicial de Monção.

A GNR relembra que, de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, quem detiver arma não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *