Entre a cruz e a espada, ou entre a festa e a pandemia, a Câmara Municipal de Viana do Castelo decidiu viabilizar algumas barracas de farturas e sanduiches para que visitantes e turistas sintam um gostinho daquilo que será a festa da Nossa Senhora da Agonia.

No campo da agonia, algumas barracas de farturas e sanduíches já oferecem suas guloseimas. Mas, vale destacar que as regras para o acesso são rígidas.

Para entrar no cercado os visitantes devem se dirigir a parte que fica em frente à Igreja. Na recepção, vigilantes explicam as condições para a entrada. Sorridente, mas rouco de tanto repetir a ladainha, um deles nos explicou em detalhes os procedimentos.

Regras

“A entrada é em via única. Não se pode comer nem beber no local, apenas fora do cercado. Comércio de bebidas apenas através de latas e garrafas fechadas. Se lhe for dado copos de plástico, não aceitar. E ainda se deve manter o distanciamento social”, explicou o segurança.

Questionado sobre as origens das regras, ele disse que as instruções seriam da Direção Geral de Saúde (DGS) e da própria Câmara de Viana do Castelo. Indagado sobre as rígidas exigências, o vigilante sorriu e disse que talvez esse “seria um dos motivos para estarmos melhores que a França”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *